Uma das grandes vantagens do trabalhador informal se tornar um microempreendedor individual – MEI é o fato de passar a ter direito a benefícios previdenciários.

 

Para ter direito aos benefícios, o MEI, em regra geral, paga valor fixo mensal de até R$50,00 (cinquenta reais), que será destinado um percentual à previdência social correspondente à 5% (cinco por cento) do salário mínimo vigente.

 

Os benefícios abrangem o próprio microempresário e sua família.

 

 Os benefícios do microempresário são:

 

* Aposentadoria por idade: mulher aos 60 anos e homem aos 65. É necessário pelo menos 15 anos de contribuição

 

* Aposentadoria por invalidez : é necessário 1 ano de contribuição

 

* Auxílio doença: é necessário 1 ano de contribuição

 

* Salário maternidade: são necessários 10 meses de contribuição

 

O MEI também pode se aposentar por tempo de contribuição (mulher 30 anos e homens 35 anos) desde que faça a complementação de 15% do salário via carnê do GPS além dos 5% mensal.

 

Os benefícios para família são:

 

* Pensão por morte: a partir do primeiro pagamento em dia

 

* Auxílio reclusão: a partir do primeiro pagamento em dia.

 

 Importante ressaltar que se o MEI contribui com base no salário mínimo, qualquer dos benefícios concedidos também terão como base tal salário.